O que é o Projeto Incluir?

O Projeto Incluir é um conjunto de recursos disponíveis na web para quem quer investir no potencial que todos temos para conviver, aprender e trabalhar juntos.

Estamos diante de mudanças sociais profundas. O Projeto Incluir foi criado para inspirar escolas e empresas que desejam conviver com as diferenças, compartilhar desafios e encontrar soluções que possibilitem que as oportunidades sejam para todos. Isto porque nós acreditamos que refletir sobre Inclusão pode contribuir para mudanças no modo como nos relacionamos uns com os outros.

O Projeto Incluir foi desenvolvido a partir do trabalho das pesquisadoras Carla B. Valentini e Cláudia A. Bisol e contou com a participação de profissionais e estudantes. Queremos compartilhar e fazer crescer essas ideias.

  • Princípios

    Módulos independentes: permitem navegar conforme o foco estabelecido pelos usuários.

    Online e gratuito: acesse de qualquer lugar e em qualquer tempo.

    Flexível e adaptável: personalize sua experiência e de seu curso considerando os objetivos de aprendizagem de seu grupo.

    Material complementar: para uso presencial e EaD em palestras, aulas e oficinas.

  • Estrutura

    Uma organização em módulos facilita a navegação pelo site. O usuário escolhe seu foco de interesse — escolas ou empresas — e encontra links para os módulos relacionados às deficiências, diversidade, limites, tecnologia assistiva, ensino, trabalho, etc.

    Leia mais no nosso artigo.

  • Proposta pedagógica

    Construído a partir de pressupostos construtivistas, queremos mais do que apenas transmitir informações. Propomos reflexões para promover e mobilizar novos olhares, novos saberes e novas práticas.

    Leia mais no nosso artigo.

  • Pesquisa

    O Projeto Incluir é fundamentado em nossas pesquisas, que iniciaram em 2010, com apoio do CNPq, Fapergs e Universidade de Caxias do Sul. Essas pesquisas geraram publicações acadêmicas e o próprio desenvolvimento do portal.

  • Resultados

    Nossas pesquisas demonstram que o Projeto Incluir contribui para a formação de profissionais.

    Leia mais no nosso artigo.

  • Premiação

    A versão inicial do Projeto recebeu primeiro lugar na 8ª Conferência Latino-americana de Objetos e Tecnologias de Aprendizagem, realizada no Chile em 2013.

    Leia mais neste site.

O Projeto Incluir na formação inicial de profissionais

Se você trabalha na formação de profissionais de diferentes áreas, especialmente nas áreas da educação e saúde, pode utilizar o Projeto Incluir como recurso complementar em atividades presenciais ou a distância.

Na Pedagogia e Licenciaturas: a formação de professores precisa incluir o debate sobre a inclusão e as diferenças. As escolas são espaços heterogêneos e os futuros professores precisam começar desde cedo a pensar que terão alunos oriundos de diferentes contextos, diferentes histórias de vida e com diferentes potenciais e limitações. O Projeto Incluir pode ser utilizado em disciplinas específicas sobre Inclusão, Libras, Pessoas com Deficiência, ou compor unidades de ensino em disciplinas que enfocam aspectos fundamentais da docência, da diversidade e da convivência.

Em cursos das Áreas da Saúde: médicos, enfermeiros, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, psicólogos, etc. trabalharão com populações diversas. Conhecer e atentar para as diferenças e especificidades de grupos minoritários auxiliará na capacitação desses futuros profissionais no manejo de diferentes casos, na possibilidade de integrar tecnologia assistiva e na potencialização dos recursos sociais, familiares e do próprio sujeito.

O Projeto Incluir nas escolas e empresas: formação em serviço

A diversidade se concretiza no cotidiano das escolas e empresas, colocando desafios para os profissionais que nelas atuam e para seus gestores. Não há respostas prontas, mas há muito campo para a inovação e para criação de estratégias capazes de beneficiar e potencializar os grupos. A criação de ambientes de aprendizagem e de trabalho agradáveis e produtivos precisa levar em conta as diferenças.

O Projeto Incluir disponibiliza um conjunto variado de recursos que podem ser utilizados espontânea, livre e gratuitamente nas escolas e empresas. Basta navegar pelo site de acordo com seu interesse e desenvolver momentos de reflexão, utilizando com liberdade e criatividade as provocações, animações e textos que disponibilizamos.

O Projeto Incluir também prevê o desenvolvimento de oficinas e palestras com nossos profissionais e a utilização de material específico para aprofundamento em determinadas questões.

Um pouco da nossa história

O Projeto Incluir nasceu de um desejo de pesquisar sobre a inclusão e de trabalhar para a formação de professores.

Em 2011, lançamos a primeira versão, fruto de uma pesquisa financiada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio Grande do Sul (Fapergs). O portal era chamado de Objeto de Aprendizagem Incluir e era composto pelos módulos: Limites, Diversidade, Docência e Surdez.

Em 2015 o projeto foi renovado e ampliado, lançando-se uma segunda versão com número maior de módulos (Limites, Diversidade, Docência, Surdez, Deficiência Intelectual e Deficiência Física) e contanto com apoio da Fapergs e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Em 2017 lançamos a terceira versão e o Portal passou a ser chamado de Projeto Incluir. A nova versão manteve a proposta inicial, procurando renovar em termos de linguagem e tecnologia, reestruturando o módulo da Docência que passou a ser chamado de Ensino, agregando novos módulos (Deficiência Visual e Tecnologia Assistiva) e propondo novas soluções de programação.

Nossa equipe

Nossa existência foi possível porque muitos acreditaram no projeto e juntaram-se a nós:

  • Até 2017 contamos com a equipe técnica da Elri Networks: Eduardo Rasia – Desenvolvimento e design; Patrick Rasia e Sandro Hunter – Programação; Ricardo Rasia – Análise para desenvolvimento; Felipe Rasia – Desenvolvimento e suporte;

  • Partes do design a algumas das ilustrações utilizadas foram feitas pelo Adriano Oliveski. Estudantes de graduação e bolsistas de iniciação científica participaram de várias etapas da criação e desenvolvimento: Rafaella Stangherlin, Emely Jensen, Karen Rech Braun, Ruthie Gomes, Raquel do Nascimento, Nicole Náji Pegorini e Thays Carvalho Gonem. Tivemos o apoio inicial da Rosecler Fiorio, Daiane Fracaro e Simone Dambrós;

  • A partir de 2017, o layout, desenvolvimento, e a maior parte dos desenhos são de Henrique Mezzomo Malheiros;

  • Além do apoio da Fapergs e do CNPq, contamos com o apoio da Universidade de Caxias do Sul (UCS), onde desenvolvemos nossas pesquisas.

Junte-se à nós

O Projeto Incluir pode crescer muito mais. Use, participe, compartilhe, colabore..

Temos um espaço especial para comentários e depoimentos. Registre seu depoimento ou sua ideia clicando aqui.

Você tem outras ideias? Dúvidas? Gostaria de colaborar conosco ou fazer parte da nossa equipe? Entre em contato pelos e-mails cabisol@ucs.br e cbvalent@ucs.br